11 de abr de 2018

Como reduzir os impactos da sazonalidade no fluxo de caixa

Sazonalidade fluxo de caixa

A sazonalidade pode afetar todas as atividades da empresa desde o momento da compra de mercadorias ou matérias primas até o recebimento das vendas impactando,  portanto, o seu fluxo de caixa. Planejar é essencial para lidar com o fator sazonalidade. Uma gestão eficiente do capital de giro no que diz respeito às contas caixa/bancos, contas a receber, estoque e contas a pagar resultará em uma redução significativa dos efeitos de uma demanda sazonal (...)

Você verá nesta postagem a definição de sazonalidade e como ela pode impactar no fluxo de caixa da empresa. Verá também algumas dicas de como minimizar esses impactos através do gerenciamento das contas do capital de giro.

O que é sazonalidade ?


Sazonalidade é a qualidade do que é sazonal - próprio e característico de uma estação. Ela é temporária e costuma acontecer em épocas específicas do ano. A sazonalidade de um mercado (ou empresa) se dá quando determinado produto ou serviço é suscetível às variações de demanda do consumidor.

A sazonalidade pode ser constante ou esporádica. Estações do ano e datas comemorativas são exemplos de sazonalidade do tipo constante cujos eventos se repetem com certa regularidade. Como exemplo de sazonalidade esporádica podemos citar: época de copa do mundo, olimpíadas, períodos de crise hídrica e fatores climáticos. Já estes eventos não seguem um padrão regular.

Como a sazonalidade pode impactar no fluxo de caixa da empresa


Fluxo de caixa é a representação das entradas e saídas de caixa em períodos futuros (fluxo de caixa projetado) ou que já se realizou (fluxo de caixa efetivo).

Os impactos da sazonalidade no fluxo de caixa podem ocorrer desde o momento da compra de mercadorias ou matérias primas até o efetivo recebimento das vendas. Este intervalo de tempo é chamado de ciclo operacional. Veja a figura abaixo que demonstra as etapas do ciclo operacional.


Sazonalidade ciclo operacional

Impacto da sazonalidade nas compras


A sazonalidade pode impactar diretamente nos estoques de mercadorias e matérias primas da empresa. Uma demanda sazonal pode implicar em maior ou menor investimento em estoques impactando diretamente no fluxo de caixa de curto e médio prazo. Gerenciar compras em empresas com demandas sazonais é uma tarefa difícil que exige muito cuidado.

Impacto da sazonalidade nas vendas


A origem das entradas de caixa são as vendas de produtos e/ou serviços. Caso haja variações sazonais nas vendas, o fluxo de caixa certamente será afetado também.

Analise as duas situações a seguir.

Sazonalidade positiva e negativa


Veja que a sazonalidade é positiva para a empresa demonstrada na situação 1. Podemos observar que as vendas são constantes até determinado período, em seguida há um pico de vendas e depois retorna ao patamar anterior. Não existe uma queda nas vendas, diferente da situação 2 cuja empresa é fortemente impactada pela abrupta variação negativa na demanda.

Impacto da sazonalidade nos recebimentos e pagamentos


Uma queda nas vendas resultará também na queda dos recebimentos e consequentemente impactará na geração de caixa para honrar compromissos a pagar (fornecedores, funcionários, prestadores de serviços, etc.). Os recebimentos e pagamentos (previstos ou realizados) são elementos cruciais do fluxo de caixa e necessitam de planejamento e controle efetivos, pois são diretamente afetados pela sazonalidade.

Estratégias para minimizar os impactos da sazonalidade no fluxo de caixa


Planejar é fundamental para se trabalhar com o fator sazonalidade. O planejamento consiste em pensar no futuro e adotar medidas que torne possível atingir os objetivos fixados.

Gestão de capital de giro envolve programação de caixa, contas a receber, contas a pagar e estoques. Esta programação, se bem feita, reduzirá os efeitos da sazonalidade sobre o fluxo de caixa. Segue algumas dicas práticas.

Dicas para planejar o caixa em meses de grande sazonalidade


Os recursos disponíveis em caixa (e bancos) são maiores em períodos de sazonalidade positiva, ou seja, quando há um aumento na demanda. Entretanto, quando o período de alta é seguido de um período de redução na demanda (sazonalidade negativa), a atenção deve ser redobrada.

A reserva financeira acumulada durante o ciclo de crescimento de vendas deve ser guardada para suprir carências de caixa em momentos de queda na demanda. Uma boa alternativa é aplicar em recurso de maior liquidez, tendo o cuidado de observar que em alguns tipos de investimentos há prazo de carência para resgate.

Manutenção dos estoques em períodos sazonais


A manutenção dos estoques em empresas com grande sazonalidade deve funcionar da seguinte forma:

Adotar medidas para reduzir os níveis de estoques em períodos de pouca demanda. Mesmo nesta época é necessário manter certa quantidade de mercadorias em estoque (estoque de segurança) para situações inesperadas como aumento repentino no consumo, atrasos na entrega de pedidos, etc.

Em época de aumento de vendas, a manutenção do estoque (mercadorias, produtos acabados, matérias-primas, etc.) também é de fundamental importância. Para aproveitar melhor a sazonalidade positiva, o planejamento e controle do estoque tem que ser preciso e eficaz a fim de atender todas as solicitações dos clientes. A previsão de vendas é um instrumento imprescindível quando o assunto é sazonalidade.

Uma boa estratégia para lidar com demanda sazonal é oferecer produtos alternativos. Conheça melhor os seus clientes e descubra suas demandas adicionais a fim de ampliar sua oferta de produtos (e serviços) em épocas de menor faturamento. Planeje com cuidado, pois novos produtos exigem desembolsos extras em estoques.

Contas a receber - dicas para lidar com um fluxo de caixa irregular


É bem verdade que as vendas a prazo favorecem o aumento no volume de vendas, mas a empresa deve implementar políticas eficientes de prazo e cobrança para gerenciar melhor seu fluxo de caixa.

Em meses de demanda mais fraca, dê preferência às vendas à vista mesmo que seja necessário conceder algum desconto ou, então, decida por prazos menores. Em meses de maior demanda, a empresa pode ser mais flexível quanto à concessão de prazo. Planeje os prazos de forma que os vencimentos coincidam com os meses de menor receita.

Outra alternativa para suprir possíveis faltas de caixa é antecipando recebíveis (cartões, cheques, duplicatas, etc.). Esta é uma forma interessante de levantar recursos juntos aos bancos para cobrir eventuais necessidades de capital de giro. As taxas de juros para descontos de títulos costumam ser mais baixas porque os próprios títulos são custodiados em garantia.

Dicas para equilibrar as contas a pagar em época de receitas sazonais


Uma das principais preocupações das empresas com demanda sazonal são os gastos fixos. Ou pelo menos, deveria ser. É importante saber o valor mínimo que a empresa precisa vender para cobrir seus gastos fixos. Achar esse ponto de equilíbrio, considerando a irregularidade das receitas, não é uma tarefa fácil, mas possível.

Em último caso, renegocie prazos de pagamentos com seus fornecedores. Esta não deve ser uma prática recorrente porque pode prejudicar a imagem da empresa frente aos credores. Quando acontecer, tente avisar o fornecedor com o máximo de antecedência.


O segredo para se trabalhar com a sazonalidade, reduzindo seus impactos, é o planejamento. Quanto maior for o nível de detalhamento e a antecedência desse planejamento, menores serão os efeitos de eventos sazonais no fluxo de caixa da empresa.

João N

Nenhum comentário:

Postar um comentário