5 de jul de 2012

Como fazer uma Conciliação Bancária

+A -A +/-

A conciliação bancária é um componente de grande relevância no controle do fluxo de caixa corrente de uma empresa. Existem muitas dúvidas quanto à forma de fazer uma conciliação bancária, portanto, tentarei mostrar uma maneira prática de como implementá-la.

Aproveite para fazer o download da planilha de conciliação bancária.


Em síntese, conciliação bancária é a comparação entre os lançamentos contidos no extrato bancário e os lançamentos do controle financeiro (chamaremos de Conta Bancos). Da mesma forma que se efetua todos os registros financeiros diários na conta caixa, na conta bancária deve-se proceder da mesma forma, porém, os lançamentos nesta última conta devem ser efetuados em companhia do extrato emitido pelo banco.

Então: o confronto entre os saldos, as entradas e as saídas bancárias registrados no Sistema de controle financeiro e a movimentação da contacorrente informada pelo banco denomina-se conciliação bancária.

É de extrema importância ressaltar que todos os “lançamentos“ em contacorrente devem ser classificados em um grupo de gastos específico (plano de contas). Para maiores informações, baixe a planilha Plano de Contas Tesouraria.

Principais elementos de uma conciliação bancária

Entre outros, a realização de uma conciliação bancária envolve:

      - Controle de cheques emitidos e não compensados;
      - Conferência de entradas referentes às vendas com cartão (crédito e débito);
      - Conferência de entradas referentes às vendas com boleto bancário;
      - Verificação dos débitos de tarifas bancárias;
      - Controle dos depósitos não identificados;
      - Controle das antecipações de recebíveis.

Vamos dividir nossa abordagem em sete partes:       
  1. Conciliação de depósitos e transferências
  2. Conciliação das vendas com cartão
  3. Conciliação das vendas com boleto bancário
  4. Conciliação das antecipações de recebíveis
  5. Conciliação dos cheques
  6. Lançamento e conferência dos débitos de tarifas
  7. Exemplo prático de uma conciliação bancária envolvendo todos os elementos acima

Conforme formos discorrendo sobre cada uma dessas partes, aproveite para deixar comentários expondo suas dúvidas, sugestões, críticas e também apresentado o seu modus operandi.




4 comentários:

  1. Boa noite! estou achando seu blog muito interessante e produtivo! Seria de ENORME ajuda um modelo de planilha da conciliação bancária.
    Obrigada,
    Marília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marilia, demorou, mais saiu a planilha.

      Excluir
  2. Parabéns pela explicação, mui boa mesmo,
    falta só as senhas para vermos as planilhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kleyton,
      Obrigado pelo comentário. Quanto a senha, acesse a página download (menu no cabeçalho do blog) e siga as instruções.

      João N

      Excluir

Leia também...